“200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”


Helen Pansini Pellacani

Helen Pansini Pellacani
  • Colocação no estado: 1ª colocada estadual
  • Ano de participação: 2022
  • Escola: EEEFM José Pinto Coelho
  • Cidade: Santa Teresa - ES
  • Professor(a): Elisa Alves

1 - Já escolheu o curso que vai fazer na Universidade? 

Ainda não tenho certeza, mas pretendo cursar algo da área da saúde. Sempre admirei os profissionais dessa área e seus trabalhos.

2 - Você participa de alguma ação social em sua comunidade? Conte para a gente!

Infelizmente, não.

3 - Jovens devem participar de atividades políticas? Se sim, como seria essa participação?

Devem participar. A política é essencial para a construção de projetos futuros na vida dos jovens e, infelizmente, ela acaba sendo coloca em segundo plano. A participação não é necessariamente o voto, ela também pode ser realizada com debates, trocas de experiências, estudos e leituras que possuem como tema a política do Brasil. Acredito que isso deve ser feito com cada um buscando defender seus princípios e moral.

4 - Existe alguém, anônimo ou famoso, que lhe inspira? Por quê?

Sim. Admiro a pessoa de Dom Pedro II. Foi um brasileiro e um monarca de exemplo. Era respeitado pelo mundo todo e não permitia que nosso país fosse humilhado ou mal falado. Ele alimentou o patriotismo do povo e deu a vida pelo Brasil e, mesmo sendo exilado, quis ser enterrado com um punhado de terra brasileira, provando seu amor a pátria.

5 - Você tem algum hobby?

Sim! Adoro ler romances e fantasias e escutar músicas. Considero-me eclética, pois um ou dois ritmos não me agradam muito.

6 - Tem livro favorito?

Difícil escolher um só. Gosto de vários, mas a maioria dos livros que eu li é da autora Julia Quinn e, atualmente estou lendo obras da autora Sarah J. Mass.

7 - Qual o papel da família exerce na sua vida e na sua formação?

Minha família é minha base. Tudo que sei foi graças ao meu ambiente familiar. Meus princípios, minha moral e meu caráter foram ensinados por minha família. A minha confiança e meu conforto estão nos meus familiares, pois é onde encontro incentivo, esperança, amor, cumplicidade e onde me permito sonhar.

8 - O que te motivou a participar do Jovem Senador? Alguém fez parte desse momento?

A proposta de conhecer nossa capital e um pouco da nossa política foram propostas que me interessaram. Além de que, poder conhecer pessoas de todo o Brasil de uma vez só e vivenciar uma experiência única, é tentador. Vi que poderia ser uma oportunidade de me conhecer melhor, saber dos meus limites e contribuir para o meu país. Minha professora orientadora, Elisa Alves, foi essencial neste momento, pois sem seu incentivo, paciência e motivação eu teria desistido.

09 - Cite uma frase que você gosta.

“Você é o que você quer ser.”

- Essa frase foi dita pelo meu avô materno, Honório Pansini.

10 - Como se sente sendo jovem senador ou jovem senadora?

Muito feliz e eufórica para representar as terras capixabas em Brasília. Estou animada para viver como uma senadora ao lado de jovens de todo o país e compartilhar histórias, opiniões, culturas e sotaques.

EEEFM José Pinto Coelho
Diretor:
Marcela Cavati Lodi Angeli
Professor orientador:
Elisa Alves