Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Nathaly Andrade Moço

Nathaly Andrade Moço
  • Colocação no estado: 1ª colocada estadual
  • Ano de participação: 2012
  • Escola: Colégio Estadual do Paraná
  • Cidade: Curitiba - PR
  • Professor(a): Arlete Dolny
  • Cargo na Mesa Diretora: 2ª Secretária

De grande habilidade para redigir e fácil comunicação, a Jovem Senadora do Paraná fala com naturalidade sobre o seu futuro e acredita na sua própria atuação para forjar o seu destino, mesmo em meio às adversidades. Sabe das limitações impostas pela vida que estão fora do controle individual, mas crê que elas não são de todo determinantes, pois segundo ela o essencial é “lutarmos por nossas convicções”. Para Nathaly, “os resultados de amanhã dependem de forma intrínseca das atitudes e decisões tomadas hoje, seja em relação a um único indivíduo ou a uma nação inteira”.

Ser feliz é o projeto maior de Nathaly, pois “a felicidade é, sem dúvidas, a maior realização de uma vida e deve ser conquistada diariamente”. Quando se trata de vida profissional, a visão do futuro é clara e transparente, a Jovem Senadora gosta da área jurídica e da política e almeja seguir um desses caminhos. Desde já, manifesta preferência por uma carreira no setor público e deseja cursar Direito. Seus planos não param por aí e ela pretende fazer um segundo curso superior, provavelmente em gestão pública ou economia.

A Jovem Senadora do Paraná se preocupa com o futuro do País e fala da importância da atuação política de todo cidadão e, especialmente, dos jovens. “Infelizmente, essa atuação não tem se dado da melhor maneira possível. A falta de interesse, de atitudes e, principalmente, de esperança na mudança tem sido muito visível. Eu lamento por isso, porque o Brasil precisa de brasileiros e brasileiras dispostos a lutar por ele, de pessoas que ainda acreditem no avanço, no progresso e na justiça”.

Para a Jovem Senadora Nathaly, iniciativas que estimulem a participação política do jovem são fundamentais no processo de educação política. Para ela, alguns jovens são exceção: “um exemplo são os 26 estudantes que, junto a mim, participarão do projeto Jovem Senador. Admiro tal iniciativa e vejo uma grande necessidade de incentivos como esse para estimular a participação política da juventude brasileira”.

Quando o assunto é atuação política, Nathaly é firme e acredita que a participação não se resume a defender um partido ou uma ideologia, podendo-se atuar de inúmeras maneiras. Leitora de autores como Pedro Demo, gosta de citá-lo para reforçar sua forma de pensar: “pobreza política é a falta de participação e de consciência”. A Jovem Senadora defende “participo da política ao debater a condição da minha cidade, ao analisar as propostas dos candidatos, ao acompanhar o que ocorre no meu país, ao não me deixar despolitizar. Atuar na política não quer dizer necessariamente fazer grandes coisas, mas sim tomar uma posição quanto às pequenas”.

Colégio Estadual do Paraná
Endereço: Telefone:
(41) 33048975
Diretor:
João Gualberto
Professor orientador:
Arlete Dolny
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11