Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Release

Jovem Senador é destaque em palestra para estudantes de relações públicas da UFG

Por Diogo Diniz

O Jovem Senador foi tema de destaque no ciclo de palestras on-line sobre relações públicas governamentais da Universidade Federal de Goiás (UFG), nesta terça-feira (23). O chefe da equipe responsável pelo programa, Antônio Carlos Burity, afirmou que o Jovem Senador é um programa inclusivo, pois envolve estudantes de escolas públicas de todo o país, com realidades diferentes.


— É um programa de enorme impacto por conta da inclusão de jovens com realidades extremamente complexas. É prazeroso a gente entrar em um evento tão vivo e diverso depois de um ano de intenso planejamento. Os jovens senadores voltam aos seus estados totalmente transformados.
Burity explicou o funcionamento do Jovem Senador e como acontece a seleção dos representantes dos estados e do Distrito Federal, por meio de um concurso de redação. O vencedor de cada unidade da federação participa da Semana de Vivência Legislativa, realizada em Brasília. O estudante exerce o papel de parlamentar e apresenta projetos que podem até ser transformados em leis. O programa, segundo Burity, é importante para a formação política dos jovens e também para a construção da imagem do Senado.

— É um programa que se reveste de grande importância para a construção de uma imagem positiva do Senado baseada na formação política dos jovens brasileiros e na relação intrínseca que possui com a própria atividade da Casa.

A chefe do Serviço de Cooperação Institucional, Walesca Cruz, explicou como são feitas as visitas guiadas para turistas, programa que existe há 35 anos. Os visitantes, disse, recebem informações sobre o processo legislativo e o trabalho dos parlamentares, além de aspectos da arquitetura do prédio do Congresso Nacional e de seu rico acervo artístico.

— A partir de 2004, com a integração do trabalho de visitação entre o Senado e a Câmara, houve um incremento de mais de 100 por cento no número de visitantes, chegando a receber cerca de 140 mil pessoas por ano.

Desde o início da pandemia de covid-19, no ano passado, as visitas presenciais foram suspensas. Mas o serviço, feito em conjunto com a Câmara dos Deputados, é oferecido pela internet, com versões também em inglês, espanhol e francês.

A coordenadora do Serviço de Eventos Legislativos e Protocolares, Claudia Nery Daltro, disse que a realização de um evento é importante para aproximar a sociedade com o Poder Legislativo e para a construção de uma imagem positiva do Senado. De acordo com ela, boa parte dos eventos realizados no Congresso tem grandes proporções em comparação com os de outras instituições.

— Nós fazemos posse presidencial, posse dos senadores, abertura dos trabalhos legislativos, além de participação no planejamento de todas as sessões solenes e especiais do Senado.

Também da área de eventos legislativos, a relações públicas Kívia Gomes de Almeida ressaltou a importância do planejamento no setor e citou a preparação da posse presidencial, realizada de quatro em quatro anos no Congresso, para exemplificar o nível de detalhamento e de antecedência para que o trabalho tenha sucesso.

— É um dos maiores eventos democráticos e demanda o envolvimento de várias áreas técnicas do Parlamento para que possa acontecer sem falhas. A posse presidencial de 2023, por exemplo, já está em fase de planejamento e de contratações.

Organizadora da palestra, a professora da UFG Flávia Santos falou da importância da comunicação para promover a participação da sociedade no Parlamento. E destacou o trabalho do profissional de relações públicas na promoção da imagem institucional do Senado.

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211