Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil


Release

Rio Grande do Sul e Amazonas comemoram crescimento do Jovem Senador 2019

O Jovem Senador alcançou números excelentes neste ano no Rio Grande do Sul. Mais de 10 mil alunos foram mobilizados e produziram 3.471 redações, o que representa um crescimento de 127% no número de textos do ano passado.

Um dos coordenadores do projeto no estado, Clark Balbueno Sarmento, atribui esse sucesso a uma estratégia de descentralização de responsabilidades. Segundo ele, o papel das regionais de ensino foi muito relevante para que mais alunos tivessem contato com o Jovem Senador em todo o Rio Grande do Sul. Ele explica que foram designados assessores em 30 regionais com a missão de pensar e articular estratégias de execução e aproximação do Jovem Senador com a comunidade escolar. “O Rio Grande do Sul tem quase 500 municípios, e isto acaba se revelando um cenário bastante desafiador para este trabalho”, afirma Clark.

O coordenador conta que também foram executadas muitas ações em parcerias com as câmaras de vereadores e servidores públicos ligados a secretarias de fazenda nos municípios. Segundo ele, vereadores e profissionais se esforçaram em explicar aos estudantes o funcionamento do orçamento público, desde a sua concepção até a divisão dos recursos entre estados, municípios e União. Clark ressalta que a abordagem do tema no concurso de redação encontrou um ambiente muito propício no Rio Grande do Sul. Segundo ele, o estado tem uma forte cultura de participação ativa, por meio do programa Orçamento Participativo, na discussão da gestão e da aplicação dos recursos arrecadados.

Segundo Clark, um dos focos da divulgação do Jovem Senador no estado foram as escolas piloto do Novo Ensino Médio, cerca de 300 unidades de ensino com foco em atividades inovadoras que estimulam o protagonismo, a autonomia e a responsabilidade dos estudantes por suas escolhas e seu futuro. Ele ressalta, entretanto, que essas escolas foram trabalhadas sem que as demais unidades ficassem de fora do projeto.

E os planos para o próximo ano são ainda melhores. Clark adiantou que estuda a viabilidade da realização de ações conjuntas do Jovem Senador com o Jovem RS Conectado com o Futuro. Trata-se de um programa criado pela Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul que promove empreendedorismo, inovação e criatividade nas escolas. Nele, os jovens são estimulados a solucionar problemas sociais, culturais e econômicos da sua comunidade.

Para o coordenador, atualmente, os jovens discutem muito a respeito dos problemas do país, mas essas falas, muitas vezes, não chegam aos espaços devidos. “Programas como o Jovem Senador podem ajudar a fazer com que estas discussões alcancem os espaços formais de poder e de representação popular. Os estudantes precisam se apropriar destes espaços e perceber que suas discussões devem ir além do âmbito familiar e das redes sociais”, conclui Clark.

Amazonas – O coordenador do programa, Antonio José de Menezes, comemora o crescimento de 21% no número de redações neste ano. Foram 5.101 textos produzidos pelos estudantes neste ano. Em 2018, este número chegou a 4.233.

Em um estado de grandes dimensões como o Amazonas, as redes sociais se tornam grandes aliadas no trabalho de divulgação. E, neste ano, parte deste trabalho ficou por conta do Centro de Mídias do Estado do Amazonas - CEMEAM, órgão que disponibiliza cursos e aulas em tempo real para todos os municípios.

“O Jovem Senador é um programa que que mostra muita credibilidade. Para a avaliação do concurso há uma equipe de professores de Língua Portuguesa”, afirma Antônio. Ele acrescenta que, quando a equipe visita escolas para divulgar o projeto, os alunos, em geral, já o conhecem e a visita acaba servindo apenas para esclarecimentos dos prazos de inscrição e do conteúdo da redação.

O trabalho de visitação às escolas da capital foi feito pelos coordenadores do programa. Antônio conta que, em diversas ocasiões, eles conseguiram realizar palestras com um auditor fiscal sobre o tema da redação neste ano, o que ajudou a esclarecer várias dúvidas dos estudantes sobre o assunto orçamento público.

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11