Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Release

O Projeto Jovem Senador e a participação feminina na Política

A participação feminina no Projeto Jovem Senador é majoritária e dá bem um indicativo do crescimento da presença das mulheres em todas as esferas do conhecimento.

Foi lançada nesta quarta-feira (19/03), no Congresso Nacional, a campanha “Mulher na Política”. Idealizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a iniciativa pretende incentivar a maior participação feminina nos espaços de poder, concorrendo a cargos eletivos.

A iniciativa objetiva conscientizar a população sobre a grave sub-representatividade feminina na política brasileira. O Brasil é um dos países com piores índices de participação de mulheres no Legislativo e no Executivo: de cada dez eleitos, nove, em média, são homens. E, apesar de termos elegido uma presidente da República, o país ocupa atualmente o 156º lugar num ranking de 188 nações sobre igualdade na presença de homens e mulheres nos parlamentos.

As Jovens Senadoras são maioria

Em apoio à Campanha, o Jovem Senador está ajudando a divulgar a iniciativa e dá um ótimo exemplo, pois já nasceu contribuindo para ampliar a presença feminina nesse universo de debates e discussões sobre a esfera pública.

Desde 2011, o Jovem Senador tem contado com a participação majoritária das mulheres. Em sua primeira edição, dentre os 27 estudantes premiados no Concurso de Redação do Senado Federal para representar sua unidade da Federação em Brasília, 17 eram do sexo feminino, ou seja, uma participação majoritária de 63% de jovens alunas.

Já em sua segunda edição, em 2012, o Jovem Senador volta a contar com forte participação das mulheres, contabilizando 19 alunas entre os 27 alunos premiados. Esse fato representou um aumento de 12% na presença feminina, subindo para 70% o índice de atuação das estudantes no Projeto.

Para consolidar a participação representativa das mulheres no projeto, em 2013, o número de alunas se manteve, tendo sido selecionadas 19 jovens senadoras de todas as regiões do Brasil.

E a atuação das alunas não fica restrita apenas à seleção para o projeto; são elas que durante os trabalhos legislativos, seja nas comissões ou em Plenário, mais debatem e discutem as questões que trazem de seus estados e do Distrito Federal, sempre apresentando argumentos e pontos de vista diferentes. Até mesmo para a escolha das Mesas-Diretoras do Jovem Senador, a presença feminina é uma constante; em todas as edições realizadas até 2013, a participação delas foi paritária e cheia de entusiasmo.

E qual seria o perfil da grande maioria das alunas? São dedicadas aos estudos, gostam de ler, estão sempre preocupadas com o que acontece em suas comunidades, realizam algum trabalho voluntário e têm muitos projetos para o futuro. Depois dessa fórmula, só mesmo dando espaço para as mulheres no mundo da Política, afinal de contas elas estão trabalhando e estudando muito para ajudar a construir um país melhor para todos.

 

SERVIÇO

Projeto Jovem Senador: 7º Concurso de Redação do Senado Federal

IMPRIMIR | E-MAIL Compartilhar: Facebook | Twitter | Google+ | Pinterest

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211