Adolescência e o despertar para o exercício da cidadania


Externa

Escolas públicas podem ter Semana da Educação Olímpica

Agência Senado

O calendário escolar das instituições públicas pode ganhar mais uma atividade: a Semana da Educação Olímpica. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 5.015/2019, aprovado nesta terça-feira (3) pela Comissão de Educação (CE).

O projeto, do ex-deputado federal João Arruda (MDB-PR) e outros, estabelece que a semana terá caráter multicultural e deverá ser desenvolvida interdisciplinarmente por cada unidade de ensino, de acordo com o projeto pedagógico. As disciplinas escolares, em conjunto com a matéria de educação física, poderão, de forma integrada, destacar, incentivar e implementar valores éticos por meio do chamado olimpismo.

Na justificativa, os autores lembram o princípio 1 da Carta Olímpica — conjunto de regras e guias para a organização dos Jogos Olímpicos. O princípio "reforça a tese de que associando o esporte com a cultura, a educação, e promoção da saúde e o meio ambiente, o olimpismo estimula o desenvolvimento de um estilo de vida calcado na alegria do esforço, o valor educativo do bom exemplo e o respeito aos fundamentais princípios universais".

O relator na CE, Confúcio Moura (MDB-RO), é favorável. Para ele, "é inegável que a escola apresenta ambiente ideal para a promoção do olimpismo". O senador apresentou emenda para que a data de início da semana, 23 de junho — o Dia Olímpico Internacional — seja apenas uma referência, e não obrigatória para as escolas.

Agora, o PL vai à análise do Plenário do Senado.


IMPRIMIR | E-MAIL

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11