A Constituição Cidadã 30 anos depois


Externa

Paim pede mais investimento em educação e aponta violência nas escolas

Agência Senado

O senador Paulo Paim (PT-RS) pediu mais investimentos em educação. Ele lamentou em Plenário, nesta quarta-feira (8), a situação do setor e disse queBrasil ainda precisa fazer muito para oferecer aos estudantes educação de qualidade. Ele citou dados de 2015 do Programa Internacional de Avaliação de estudantes (Pisa), que colocam o Brasil nas últimas posições no ranking de países cujos estudantes participaram de provas de matemática, leitura e ciências.

O senador acrescentou que, diante do resultado, e mantido o investimento atual, o Banco Mundial estima que, em 75 anos, o Brasil deve obter resultados parecidos com os obtidos por estudantes de países desenvolvidos em matemática. Em leitura, o prazo para a equiparação das notas é de 260 anos, acrescentou Paulo Paim.

Paim lembrou que falta dinheiro para implementar algumas metas estipuladas no Plano Nacional de Educação. Ele reclamou que, em algumas metas do plano, não há critério de avaliação de resultados e criticou os estados e municípios que não cumprem a lei do piso salarial dos professores.


IMPRIMIR | E-MAIL

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11