Mar
07
15h59
Nota de Esclarecimento

Secretaria de Comunicação do Senado apoia ações em defesa da mulher

Em relação ao postComunicação do Senado proíbe uso do termo ‘feminismo’”, publicado no Blog Escreva Lola Escreva, em 6 de março, de autoria da professora Lola Aronovich, o Senado Federal tem a esclarecer o seguinte:

Ao contrário do que o Blog afirma, não há proibição à referência sobre feminismo nas redes sociais e veículos de comunicação do Senado Federal. A questão dos direitos e interesses das mulheres, conceitos basilares do movimento feminista, é pauta recorrente em diversos conteúdos produzidos pela Secretaria de Comunicação, repercutindo o trabalho institucional e parlamentar realizado nesse campo. São inúmeras matérias sobre o tema veiculadas na TV Senado, na Rádio Senado, no Portal de Notícias e no Jornal do Senado, assim como os posts publicados na página do Senado no Facebook e em seu perfil no Twitter.

A defesa da mulher é, inclusive, um valor caro à Secretaria de Comunicação do Senado Federal, que tem trabalhado intensamente em parceria com o Observatório da Mulher e com a Procuradoria da Mulher do Senado, no desenvolvimento de uma pauta afirmativa nesse campo.

Assim a Secretaria de Comunicação reafirma a isenção como uma das principais marcas de seu trabalho realizado no Senado Federal, uma vez que não cabe aos veículos de comunicação da Casa assumirem campanhas ou bandeiras ideológicas, mas sobretudo levar à sociedade as discussões e decisões tomadas pelos senadores, representantes legítimos da população que os elegeu.

Secretaria de Comunicação Social

Senado Federal