Senadores querem mais segurança no transporte de mármore e granito — Rádio Senado

Senadores querem mais segurança no transporte de mármore e granito

LOC: MAIS SEGURANÇA NO TRANSPORTE DE ROCHAS ORNAMENTAIS, COMO MÁRMORE E GRANITO.

LOC: ESSE É O OBJETIVO DE UM PROJETO APROVADO NESTA QUINTA-FEIRA PELA COMISSÃO DE SERVIÇOS DE INFRAESTRUTURA. 

TÉC: Reduzir o número de acidentes com caminhões que carregam blocos de mármore e de granito. É o que querem os senadores da Comissão de Serviços de Infraestrutura, que aprovaram um projeto que estabelece normas de segurança para esse tipo de transporte. O texto define procedimentos para a fixação dos blocos de rocha no chassi do caminhão e também o peso máximo: veículo e carga não poderão ultrapassar 57 toneladas. Outra medida foi destacada pela senadora Serys Slhessarenko, do PT de Mato Grosso, que apresentou na comissão o relatório do senador paulista Eduardo Suplicy, seu colega de partido. (SERYS) É meritória, sobretudo, a exigência de curso específico para os condutores de veículos que transportam esse tipo de carga, tendo em vista os graves problemas de segurança decorrentes da admissão de motoristas não habilitados no trânsito das nossas estradas. (REPÓRTER) A regulamentação do curso para motoristas e o detalhamento das outras normas de segurança ficarão a cargo do Contran, o Conselho Nacional de Trânsito. O projeto, que segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça, foi apresentado em abril deste ano pelo senador Roberto Cavalcanti, do PRB da Paraíba. Ele se disse preocupado com o grande número de acidentes nas estradas provocados pelo tombamento de blocos de mármore e granito dos caminhões. As causas mais frequentes são excesso de peso e falhas na fixação da carga na carreta. 
18/11/2010, 00h14 - ATUALIZADO EM 18/11/2010, 00h14
Duração de áudio: 01:29
Ao Vivo

Não é usuário? Cadastre-se.

Ao vivo
00:0000:00