Ir para conteúdo principal

Senado Notícias

Senado pode analisar reforma da Previdência em 45 dias e incluir servidores estaduais em uma nova PEC

16/07/2019, 17h08

Selo_ReformaPrevidencia2.jpgA reforma da Previdência (PEC 6/2019) deve ser votada no Senado no segundo semestre. O texto básico foi aprovado em primeiro turno na Câmara dos Deputados, em 10 de julho, com 379 votos favoráveis e 131 contrários. Os 12 destaques foram analisados e votados até o dia 12 de julho. Mas a proposta de emenda à Constituição ainda precisa passar por um segundo turno de votação dos deputados antes que esteja pronta para seguir para o Senado. Isso deve acontecer em 6 de agosto. Para o senador Humberto Costa (PT-PE) a proposta prejudica os mais pobres. Já o senador Marcelo Castro (MDB-PI) entende que o texto já é bem conhecido e pode ser votado rapidamente pelos senadores. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, estima que a tramitação da PEC 6/2019 pode ser concluída em um prazo de 45 dias. No Senado, já está sendo articulada uma nova proposta de emenda à Constituição para incluir servidores estaduais e municipais nas regras já estabelecidas para os servidores civis da União. Governadores pedem que o Senado faça essa inclusão, possibilidade que é considerada viável pelo senador Major Olímpio (PSL-SP). Veja mais detalhes sobre o que foi aprovado pela Câmara e as perspectivas da discussão no Senado. na reportagem da TV Senado.






Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11