Marcos Rogério pede mais atenção do governo para indústria de gás natural

Da Rádio Senado | 16/06/2020, 16h37

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu, em pronunciamento nesta terça-feira (16), mais atenção e incentivo do governo para o setor de gás natural, durante e depois da crise causada pela pandemia do coronavírus. Ele lamentou que o setor não tenha tido do Ministério de Minas e Energia a mesma dedicação que teve o setor elétrico.  

— Infelizmente, sem algum plano governamental de incentivos para o setor, além de não termos a tão esperada expansão do gás no Brasil ainda poderemos ver o colapso da infraestrutura existente diante da falta de condições das distribuidoras de gás natural de superar sozinhas a crise econômica decorrente da pandemia — lamentou.   

O senador também lembrou que a Petrobras e as distribuidoras de gás conseguiram negociar soluções para amenizar os efeitos da pandemia em curto prazo, mas a queda no volume de gás natural consumido no país e o aumento nos níveis de inadimplência precisam ser enfrentados e solucionados no pós-pandemia para garantir emprego e renda.  

— É fundamental dar condições para que as distribuidoras de gás canalizado possam tomar empréstimos criando linhas de financiamento diferenciado que garanta a solvência dessas concessionarias e, principalmente, possam manter todos os elos da cadeia operando com segurança e saúde financeira — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h00 Votação de vetos: Foi encerrada a sessão do Congresso para análise de vetos pelos deputados. Colégio de líderes se reúne em seguida para fazer acordo de procedimentos para votação. Nova sessão, com a mesma pauta, foi convocada para as 14h.
10h54 Sessão do Congresso: Começou a sessão remota do Congresso Nacional em que deputados analisam vetos presidenciais e dois projetos de lei. À tarde, será a vez de os senadores votarem a mesma pauta.
Ver todas ›