Telemedicina precisa ser regulamentada no Brasil, defende Nelsinho Trad

Da Redação | 04/12/2019, 20h03

O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) disse nesta quarta-feira (4) em Plenário que o Brasil precisa com urgência de uma regulamentação e de uma legislação específica para o exercício da telemedicina, que é uma forma de atendimento médico a distância, pela internet. Segundo o parlamentar, o país está “meio século atrasado” nessa questão.

Nelsinho Trad ressaltou ainda que a telemedicina deve estar incluída na grade curricular dos cursos de medicina, assim como acontece em outros locais, como Israel, Estados Unidos e Alemanha. Em alguns países, inclusive, já é possível se especializar em saúde digital, afirmou o senador.

— Nós não temos outra saída a não ser nos adequar nessa questão e estabelecer critérios para regulamentação, sendo através da resolução que o Conselho Federal de Medicina está propondo ou através de uma legislação específica oriunda dessa Casa — afirmou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h35 Rádios comunitárias: A Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou projetos que autorizam serviços de rádios comunitárias em Humberto de Campos, Mirador, Vargem Grande, Fortaleza dos Nogueiras e São Luís, no Maranhão.
12h02 Rádio comunitária: A Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou projetos de rádio comunitária em Itajaí e de rádio FM em Santa Rosa do Sul, no estado de Santa Catarina.
11h48 Reúso de água: A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) aprovou o PL 724/2019, que obriga a utilização de água de reúso em prédios comerciais, nas regiões com poucas chuvas. Projeto segue para o Plenário.
Ver todas ›