Cora Coralina pode batizar homenagem do Senado a escritores brasileiros

Da Redação | 03/12/2019, 14h32

A poetisa e contista goiana Cora Coralina (1889-1985) pode batizar uma homenagem do Senado a escritores e escritoras de literatura e poesia. A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) aprovou nesta terça-feira (3) o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 47/2019 , que cria a Comenda Cora Coralina. A proposta, sugerida pela senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), segue para análise da Comissão Diretora da Casa.

Conforme o projeto, a comenda, acompanhada de diploma de menção honrosa, será concedida pelo Senado a três escritores brasileiros por ano. Qualquer senador poderá indicar candidatos, a serem avaliados pelo Conselho da Comenda Cora Coralina, que será composto por um representante de cada partido político com representação na Casa. Ao defender o projeto, Rose destacou seu desejo de reavivar a memória de Cora Coralina.

“Esperamos que cada poeta ou escritor agraciado com a comenda possa renovar os votos de sua arte, tão essencial para relembrar a nós, leitores, as origens de nossa essência e aquilo que realmente devemos priorizar ao viver”, realçou a autora na justificativa do projeto.

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF), relator do projeto, elogiou a iniciativa de Rose de Freitas. Na análise do mérito, assinalou o destaque nacional conquistado pela poeta Cora Coralina desde que o também poeta Carlos Drummond de Andrade a apontou como “a joia rara de Goiás”.

“Cora Coralina é o pseudônimo utilizado pela talentosíssima escritora, contista e poetisa Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas para publicar e assinar as suas obras. Considerada por autoridades no assunto como uma das mais importantes escritoras brasileiras, Cora Coralina teve seu primeiro livro publicado próximo aos seus 76 anos de idade, embora já escrevesse seus versos desde a adolescência”, destaca Izalci no parecer.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
20h27 Transporte exclusivo para cuidadores: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.178/2020, que prevê transporte exclusivo para cuidadores de pessoas com deficiência, de portadores de doenças raras e de idosos durante a pandemia. A matéria segue para a Câmara.
19h57 Dívidas rurais: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 1.543/2020, que prorroga o vencimento de dívidas rurais de agricultores familiares. A matéria segue para a Câmara.
17h53 Cessão de leitos para o SUS: O Plenário aprovou substitutivo ao Projeto de Lei 2.324/2020, que obriga hospitais privados a ceder leitos desocupados para tratar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com a covid-19. A matéria segue para a Câmara.
Ver todas ›