Kajuru é encaminhado ao hospital após passar mal em Plenário

Da Redação | 19/11/2019, 21h36

A assessoria do senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) informou que o parlamentar foi encaminhado na noite desta terça-feira (19) para o Hospital Sírio-Libanês, onde deve fazer exame de tomografia.

Jorge Kajuru teve uma convulsão durante a sessão deliberativa desta terça-feira (19) e foi socorrido em Plenário pela equipe médica do Senado. Em seguida, o senador também fez um eletrocardiograma e apresentou melhora. Kajuru tem diabetes e havia se queixado de mal-estar durante o dia.

O senador Otto Alencar (PSD-BA), um dos senadores médicos que fizeram o primeiro atendimento a Kajuru em Plenário, explicou a situação.

— O senador Kajuru é diabético. No calor do debate, ele teve uma pequena convulsão. Aí mesmo no Plenário, eu sou médico, nós fizemos um atendimento inicial. Vimos que ele não estava com nenhum sofrimento cerebral, fizemos uma abertura da respiração pela boca, colocamos um lenço, trouxemos aqui para o serviço médico e já está sendo bem atendido, não vai ficar nenhuma sequela. Está respirando e está falando já, estava brincando há pouco com o [senador] Romário. Ele deve fazer alguns exames em algum hospital, dosar glicemia e ter mais cuidado, não é? Porque às veze o debate aí é muito acirrado e aí as pessoas podem ter algum problema.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Diabetes Saúde Senado Senador Jorge Kajuru

Senado Agora
19h11 Violência doméstica: Senado aprova o PL 2.510/2020, que obriga moradores e síndicos de condomínios a informarem casos de violência doméstica às autoridades competentes. Texto vai à análise da Câmara dos Deputados.
18h38 Prioridade à mulher: Vai à sanção o PL 2.508/2020, que prioriza a mulher como provedora para receber o auxílio emergencial destinado a família monoparental. Pelo texto, o recurso só vai para o pai quando comprovada a guarda unilateral do dependente.
17h30 Proteção aos bancos: Senado aprova PLV 21/2020, decorrente da MP 930/2020, que protege os bancos com investimento no exterior da perdas por variação cambial. O texto segue para sanção presidencial.
Ver todas ›