Comissão de Mudanças Climáticas debate monitoramento dos desmatamentos

Da Redação | 20/09/2019, 09h30

Com o tema “Monitoramento dos desmatamentos e queimadas: mecanismos atuais e possibilidades de aperfeiçoamento”, a Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas (CMMC) promove uma audiência pública interativa na quarta-feira (25), às 14h30.

Foram convidados para o debate representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema) e do Projeto de Mapeamento Anual da Cobertura e Uso do Solo no Brasil (MapBiomas).

A CMMC é presidida pelo senador Zequinha Marinho (PSC-PA) e tem como vice-presidente o deputado federal Sergio Souza (MDB-PR). O relator é o deputado Edilázio Júnior (PSD-MA). Composta por 12 senadores e 12 deputados, com igual número de suplentes, a comissão foi criada em 2008 para acompanhar, monitorar e fiscalizar, de modo contínuo, as ações referentes às mudanças climáticas no Brasil. A reunião será na sala 6 da Ala Nilo Coelho, no Anexo 2 do Senado Federal.

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800 612211)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h39 Partilha do pré-sal: A Comissão de Assuntos Econômicos aprovou o projeto que define as novas regras para partilha da arrecadação com o leilão de petróleo do pré-sal. O PL 5.478/2019 vai ao Plenário com urgência.
12h07 Capital Nacional dos Atiradores : A Comissão de Educação aprovou o Projeto de Lei 4.674/2019, que nomeia Jaraguá do Sul (SC) como a Capital Nacional dos Atiradores. A matéria segue para o Plenário.
12h01 Dedução no imposto de renda: Comissão de Educação aprovou o Projeto de Lei 5.103/2019 que prorroga até 2024 a dedução no IR de valor investido em obra audiovisual. A matéria segue para a CAE.
Ver todas ›