CAE autoriza empréstimo de até US$ 75,2 milhões para Aracaju

Da Redação | 03/09/2019, 11h43

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou nesta terça-feira (3) a Mensagem 45/2019, que autoriza o município de Aracaju, capital do estado de Sergipe, a contratar operação de crédito externo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O relator, senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB), deu parecer favorável à matéria, que segue agora para votação em Plenário, em regime de urgência.

O empréstimo poderá ser de até US$ 75,2 milhões (cerca de R$ 305 milhões), a serem quitados em até 300 meses. O dinheiro servirá para o financiamento do Programa de Requalificação Urbana da Região Oeste de Aracaju — Construindo para o Futuro. De acordo com a Prefeitura de Aracaju, o programa prevê uma série de obras de infraestrutura em diversos bairros da cidade, além da urbanização e melhoria das condições socioambientais e de infraestrutura no município, e o aperfeiçoamento da mobilidade urbana. Também está prevista a construção de unidades habitacionais, escolas, praças e revitalização de parques, entre outros. O empréstimo teve aval do Ministério da Economia, e a liberação do dinheiro será feita de 2019 até 2023. De acordo com o texto, a prefeitura deverá reservar recursos para complementar os investimentos no programa.

Os senadores sergipanos Rogério Carvalho (PT) e Alessandro Vieira (Cidadania) agradeceram aos demais parlamentares pela aprovação do texto, ressaltando que a medida ajudará os aracajuenses.

Requerimento

Na reunião desta terça, os senadores também aprovaram requerimentos de audiências públicas. Uma delas discutirá operações de swaps cambiais (contratos de troca de indexadores) e consequências da possível aprovação do PL 9.248/2017, que dispõe sobre depósitos voluntários à vista ou a prazo.

O autor do pedido para o debate, senador Zequinha Marinho (PSC-PA), acredita que a audiência ajudará a aprimorar o processo legislativo sobre o assunto. Entre os convidados, estará o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI), Felipe Salto.

Outra audiência da CAE debaterá o impacto socioeconômico da reforma da Previdência (PEC 6/2019). Serão convidados representantes do Ministério da Economia e do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). As datas dos debates serão definidas pela secretaria da comissão.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
16h41 Crédito para vacinas: Os senadores aprovaram a MP 1.004/2020, que destina mais de R$ 2,5 bilhões para ações do Ministério da Saúde contra a covid-19. Os recursos serão usados na obtenção de vacinas junto ao consórcio Covax Facility. Vai à promulgação.
14h45 Comissão da covid-19: O Senado instalou a Comissão Temporária da Covid-19. Os senadores Confúcio Moura (MDB-RO) e Styvenson Valentim (Podemos-RN) foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente do colegiado.
14h11 Comissão Temporária Covid-19:: Os senadores Confúcio Moura (MDB-RO) e Styvenson Valentim (Podemos-RN) são eleitos presidente e vice da Comissão Temporária Covid-19.
Ver todas ›