CMA aprova convite a ministro da Ciência para explicar demissão de diretor do Inpe

Da Redação | 14/08/2019, 17h48

A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou, na tarde desta quarta-feira (14), o convite ao ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, para explicar na comissão a demissão do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão. Os requerimentos para o convite foram apresentados pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Fabiano Contarato (Rede-ES), presidente da CMA.

O Inpe vem apontando um grande crescimento do desmatamento na região amazônica desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro. Em julho, o instituto informou um aumento de 278% no índice de desmate, em comparação com o mesmo período do ano passado. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o próprio presidente Bolsonaro questionaram dados do instituto. O presidente teria dito que os dados são “mentirosos”.

Desgastado, o diretor Ricardo Galvão terminou sendo demitido no início deste mês, apesar de ter mandato até 2020. A saída de Galvão vem sendo criticada por ambientalistas, cientistas e acadêmicos. Quando vier à CMA, o ministro Marcos Pontes também terá a oportunidade apresentar as diretrizes da pasta para a gestão ambiental do país.

Audiências

A comissão também aprovou uma série de requerimentos para a realização de audiências públicas. Um dos requerimentos aprovados, do senador Jaques Wagner (PT-BA), pede uma audiência pública para debater a importância dos dados do Inpe sobre o desmatamento da Amazônia. Entre os convidados, estará o ex-diretor Ricardo Galvão.

Por sugestão do senador Confúcio Moura (MDB-RO), foi aprovado o requerimento que pede uma audiência pública conjunta com a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) para debater a exploração mineral em terras indígenas.

A comissão ainda aprovou, com base em requerimento do senador Randolfe Rodrigues, o pedido de informações ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre as taxas de visitação praticadas no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
17h24 Embaixadora na Bulgária: Por 56 votos a favor, 3 contra e duas abstenções, o Plenário aprovou a indicação da diplomata Maria Edileuza Fontenele Reis para o cargo de embaixadora do Brasil na Bulgária (MSF 32/2019).
14h19 Maus-tratos de animais : Senadores aprovam, na Comissão de Meio Ambiente, projeto de lei que torna crime os maus-tratos de animais em desastres ambientais. O PL 2.950/2019 vai ser encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça.
Ver todas ›