Comissão debate demandas de produtores rurais para o Plano Safra 2019–2020

Da Redação | 17/05/2019, 17h32

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) promove na quarta-feira (22) audiência pública interativa para discutir as demandas dos produtores rurais para o Plano Safra 2019–2020, a serem encaminhadas pela Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O debate, a ser realizado na sala 7 da ala Alexandre Costa, terá início após a votação do Projeto de Lei (PL) 575/2019 — que prevê isenção fiscal para insumos usados na produção de leite — marcada para as 11h.

A audiência pública contará com a participação do presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva Júnior. A iniciativa é da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS), que preside a CRA.

As propostas a serem apresentadas contemplam pontos como a garantia da previsibilidade orçamentária, a redução da burocracia, o aperfeiçoamento dos programas já existentes, o incremento no volume de crédito e a oferta dos recursos em época compatível com o calendário da atividade, além de fontes alternativas de crédito e redução da taxa de juros.

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe:
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
senado.leg.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211)

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
18h01 Desenvolvimento e meio ambiente: A Comissão de Meio Ambiente aprovou o Requerimento 18/2019, sobre audiência pública para discutir a visão das novas gerações sobre o desenvolvimento e meio ambiente.
17h57 Reciclagem do plástico: A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou requerimentos para realização de debate sobre a economia circular do plástico, iniciativa que busca prolongar o ciclo de vida do material por meio da reciclagem.
16h17 Danos ambientais: Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou o Projeto de Lei (PL) 1.396/2019, pelo qual será obrigatória a reparação por danos ambientais que envolvam operações de forças policiais e corpo de bombeiros. A matéria segue para a CCJ
Ver todas ›