Humberto Costa critica indicação de Moro ao STF

Da Rádio Senado | 14/05/2019, 19h02

O senador Humberto Costa (PT-PE) usou a tribuna do Plenário, nesta terça-feira (14) para criticar o anúncio feito pelo presidente Bolsonaro, de que irá indicar o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, à próxima vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Para o parlamentar, essa indicação faz parte de uma negociação política combinada muito antes da eleição, na qual o ministro emprestou seu prestígio como juiz da Lava Jato ao governo, em troca de uma vaga no STF.

O senador afirmou ainda que esse acordo põe em dúvida as decisões proferidas por Moro, quando era juiz.

— Fica evidenciada sua deliberada militância política durante todo esse tempo em que destroçou a Constituição para perseguir e condenar injustamente o Presidente Lula. Houve uma espécie de transação comercial, uma espúria promessa de compra e venda de uma cadeira do Supremo Tribunal Federal, que fere de morte os processos presididos por Moro envolvendo Lula — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
19h17 Frente parlamentar do Norte e Nordeste: O Plenário aprovou o Projeto de Resolução 48/2019, que cria a Frente Parlamentar dos Senadores dos Estados do Norte e Nordeste. A matéria vai a promulgação.
19h07 MP do setor aéreo: O Plenário aprovou o Projeto de Lei de Conversão 12/2019, oriundo da MP 863/2018, que autoriza a participação de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. A matéria vai a sanção.
18h03 Biomas brasileiros: A Comissão de Meio Ambiente (CMA) aprovou requerimento para realização de debate sobre a conservação dos biomas brasileiros.
Ver todas ›