Jornada da Inovação do Senado enfrenta desafios da gestão pública

Da Comunicação Interna | 25/03/2019, 17h40

A Jornada da Inovação do Senado foi aberta segunda-feira (25), pela manhã, no auditório Antônio Carlos Magalhães (Interlegis). Durante toda a manhã, os presentes assistiram a palestras e ouviram depoimentos sobre iniciativas que obtiveram êxito no serviço público.

A Jornada é um esforço de capacitação do Senado para 2019, segundo o diretor-executivo de Gestão, Márcio Tancredi. Ele pretende ampliar os limites de participação para além dos servidores efetivos, alcançando comissionados e pessoal dos gabinetes. Outra meta é trabalhar pela efetivação dos projetos de inovação que surgirão ao longo do treinamento.

— Dentro da capacidade orçamentária e da realidade da operação local, esperamos por em prática, se possível, todos os projetos que representem ganhos para a produtividade do serviço — afirmou Tancredi.

O curso será dividido em duas turmas de 70 integrantes, uma por semestre, dos quais 60 provenientes do Senado e dez do Ministério da Economia, a serem acompanhados por 30 mentores. O treinamento, previsto para iniciar na quinta-feira (28), se dará pelo método hub-gov. A gestão do curso é de responsabilidade da empresa especializada em inovação no serviço público WeGov, contratada mediante cooperação entre Senado e Escola de Administração Fazendária (Esaf), agora incorporada à Escola Nacional de Administração Pública (Enap).

Pensando o design

— A inovação representa a utilização de valores e visões complementares para obter melhores resultados. Pensamentos diferentes, experimentações diferentes, produzem resultados mais íntegros — afirmou Guilherme Almeida, diretor de Inovação da Enap e do Gnova, laboratório de inovação do Ministério da Economia que é pioneiro na administração pública federal.

Para Guilherme, o principal desafio é fazer que projetos como a Jornada de Inovação se tornem multiplicadores, a fim de que em breve as ações de inovação não sejam mais iniciativas individuais, e sim institucionalizadas no Estado brasileiro.

Casos de sucesso

Iniciativas de inovação que são exemplos de sucesso foram apresentados por convidados dos três Poderes: Marco Bruno Miranda, juiz federal do Rio Grande do Norte; Fabiana Ruas, diretora do Centro de Pesquisa e Informação do Instituto Serzedello Corrêa do Tribunal de Contas da União (TCU); e Guilherme Almeida, da Enap. A mediação foi de Henrique Porath, um dos coordenadores do Núcleo de Apoio à Inovação (Nainova) do Senado.

— A solução muitas vezes não está em medidas de grande porte, mas em projetos simples que representem ganhos para a produtividade do órgão e principalmente para a população — definiu o juiz federal.

Um de seus projetos, a criação de brinquedotecas em foros para que pessoas humildes tivessem onde deixar os filhos, expandiu-se para todo o estado e hoje é citação recorrente em aulas de professores da Universidade de Harvard.

Outra iniciativa de sucesso foi a parceria entre o centro de inovação do TCU e a Universidade de Brasília para permitir o uso de ferramentas de acompanhamento (georreferenciamento) por satélite para acompanhar obras federais, o Geocontrole.  Conforme Fabiana Ruas, o programa ampliou-se com o tempo para incorporar mais universidades e posteriormente promoveu intercâmbio com órgãos de fiscalização da Argentina para uso de drones. Atualmente, o Geocontrole se tornou modelo de auditoria para países da América Latina e Caribe.

No segundo semestre será oferecida uma segunda turma de 60 "exploradores da inovação".

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:

Senado Agora
12h54 Liberdade de imprensa: Além de Glenn Greenwald, o Conselho de Comunicação Social aprovou convites a Claudio Dantas (O Antagonista), Daniel Bramatti (Abraji), Paulo Tonet (Rede Globo), Maria José Braga (Fenaj) e Carlos Ayres Brito, ex-ministro do STF.
12h30 Ética no currículo escolar: O Conselho de Comunicação Social aprovou parecer sobre o PL 559/2019, que inclui no currículo escolar o tema ética das redes sociais.
12h29 Convite a Glenn Greenwald: O Conselho de Comunicação Social (CCS) acaba de aprovar convite ao jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept, que tem publicado conversas entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol. A audiência será em 1º de julho.
Ver todas ›