Plenário aprova acordo entre Brasil e Finlândia sobre trabalho de parentes de diplomatas

Da Redação | 12/02/2019, 17h09

O Plenário aprovou nesta terça-feira (12) acordo entre Brasil e Finlândia sobre o exercício de atividade remunerada por parte de dependentes do serviço diplomático. O texto será encaminhado à promulgação.

O Projeto de Decreto Legislativo (PDS) 149/2018 ratifica o texto do acordo assinado em Brasília, em 1º de dezembro de 2015, e abrange dependentes do pessoal diplomático, consular, militar, administrativo e técnico. De acordo com o texto, são considerados dependentes o cônjuge ou companheiro permanente e os filhos solteiros menores de 18 anos. Esses dependentes no Brasil e na Finlândia serão reciprocamente autorizados a exercer atividade remunerada mediante solicitação de autorização formal ao cerimonial do Ministério das Relações Exteriores de cada país.

O acordo já havia sido aprovado em dezembro de 2018 na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) na forma do relatório do ex-senador Jorge Viana (PT-AC).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
10h08 Ministro da Saúde: A Comissão de Assuntos Associais aprovou requerimento que convida o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a comparecer na comissão para esclarecer as mudanças no atendimento à saúde mental no país.
09h49 Reforma da Previdência: Entre os itens da proposta entregue por Bolsonaro ao Congresso, está a definição das idades mínimas de aposentadoria para trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público.
09h48 Vice da CCT: A senadora Selma Arruda (PSL-MT) foi eleita vice-presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia para o biênio 2019/2020. O presidente, escolhido na semana passada, é o senador Vanderlan Cardoso (PP-GO).
Ver todas ›