Eduardo Girão lamenta morte de Ricardo Boechat

Da Redação | 11/02/2019, 18h04

Durante pronunciamento em Plenário, nesta segunda-feira (11), o senador Eduardo Girão (PODE-CE) lastimou a morte do jornalista Ricardo Boechat, vítima de uma queda de helicóptero, em São Paulo. Para o parlamentar, o trabalho do jornalista “contribuiu imensamente para a limpeza ética pela qual está passando o Brasil”. Girão manifestou ainda condolências à família do piloto Ronaldo Quattrucci, também morto no acidente.

— Que Deus conforte as famílias e que fique esta mensagem de fé, consolo e esperança de que a vida não acaba com a morte — disse.

O parlamentar também aproveitou a sua primeira ida à Tribuna para apresentar sua história e suas intenções para o ano legislativo aos demais senadores e aos cidadãos brasileiros. Girão defendeu a necessidade das reformas da Previdência e tributária, alertou para o perigo da liberação do porte de armas de fogo sem conscientização e disse ser a favor de candidaturas políticas sem a obrigatoriedade de filiação à partidos.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
10h08 Ministro da Saúde: A Comissão de Assuntos Associais aprovou requerimento que convida o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a comparecer na comissão para esclarecer as mudanças no atendimento à saúde mental no país.
09h49 Reforma da Previdência: Entre os itens da proposta entregue por Bolsonaro ao Congresso, está a definição das idades mínimas de aposentadoria para trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público.
09h48 Vice da CCT: A senadora Selma Arruda (PSL-MT) foi eleita vice-presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia para o biênio 2019/2020. O presidente, escolhido na semana passada, é o senador Vanderlan Cardoso (PP-GO).
Ver todas ›