Eleita vice-governadora do Piauí, Regina Sousa antecipa renúncia no Senado

Da Redação | 06/12/2018, 11h48

A senadora Regina Sousa (PT-PI) anunciou nesta quinta-feira (6), por meio de um memorando endereçado ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, que decidiu antecipar a renúncia ao cargo. Ela deixará o Senado no dia 14 de dezembro. Ela foi eleita vice-governadora do Piauí na chapa encabeçada pelo governador Wellington Dias (PT) nas eleições de outubro e tomará posse no novo cargo no dia 1º de janeiro.

Eleita primeira suplente de Wellington Dias em 2010, Regina assumiu a vaga no Senado em 2015, depois que Dias tomou posse como governador do Piauí.

Com a renúncia de Regina, a vaga no Senado será assumida pelo deputado estadual José Santana (MDB). O parlamentar é o segundo suplente da coligação de Wellington e ficará no cargo até o fim de janeiro.

O memorando foi lido na sessão plenária desta quinta pelo senador Dário Berger ( MDB-SC).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
15h26 Contrato Verde e Amarelo: A Medida Provisória 905/2019, que criou o Contrato Verde Amarelo, recebeu mais de 1.900 emendas. O relator da MP, deputado Christino Aureo (PP-RJ) acatou 476. O relatório foi lido há pouco pela comissão mista que analisa a MP.
14h37 Dívidas tributárias: A comissão mista aprovou o relatório para a MP 899/2019, que permite a renegociação de dívidas tributárias com a União e regulamenta a transação tributária. A MP segue para os plenários da Câmara e do Senado.
13h49 Reforma tributária: Comissão da reforma tributária da Congresso será instalada hoje às 15h na presidência do Senado. Davi Alcolumbre confirmou que todas as indicações partidárias já foram feitas.
Ver todas ›