Marta faz avaliação positiva dos dois últimos anos de trabalho da CAS

Da Redação | 05/12/2018, 13h32

Na última reunião da Comissão de Assuntos Econômicos (CAS) de 2018, nesta quarta-feira (5), a senadora Marta Suplicy (MDB-SP) fez uma análise do trabalho do colegiado nos dois anos sob seu comando. Segundo ela, foram 63 reuniões deliberativas, 45 audiências públicas, 138 votações e 6 sabatinas, sendo 2 para indicados à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 4 para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

A senadora citou entre as muitas proposições importantes que passaram pela comissão a proposta que garante a reconstrução das duas mamas às mulheres que foram submetidas a tratamentos contra o câncer. Ela disse estar especialmente satisfeita pelo fato de o texto ter sido enviado à sanção.

— Foi aprovado ontem [terça-feira, 4] na Câmara dos Deputados da mesma forma que saiu daqui. Compartilho essa alegria e o bom trabalho da comissão —  afirmou.

Entre os temas relevantes debatidos pela comissão, ela citou o reajuste dos planos de saúde individuais e familiares, o que evidenciou a indignação da população brasileira em relação à elevação dos preços.

— Nós chamamos aqui a ANS e realizamos dois debates. Isso veio da percepção dos membros da comissão em relação à indignação da população. E o interessante é que a ANS retrocedeu de suas decisões, que autorizavam as operadoras a fazer o reajuste de até 10%. E agora no fim do ano, tivemos aqui de novo a ANS, que apresentou nova metodologia a ser usada. Acredito que vai ter mais transparência e redução de custo — disse.

A senadora também considerou muito importantes os debates e a aprovação do PLS 514/2017, que permite o cultivo e o preparo da Cannabis (maconha) para uso medicinal. Segundo ela, o assunto já recebeu mais de 100 mil  votos a favor no portal de consulta pública do Senado (Portal e-Cidadania). A proposição foi enviada para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Outros temas

Assédio sexual e moral no ambiente de trabalho, bullying na escola, medicina personalizada, desafios do diagnóstico do câncer colorretal e regulamentação do transporte individual privado de passageiros foram outros assuntos relevantes analisados pelos parlamentares, lembrou Marta, que destacou ainda as regulamentações de profissões e da política nacional de doenças raras, que foi tema específico de uma subcomissão da CAS.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
12h46 Embaixador na Síria: A Comissão de Relações Exteriores aprovou a indicação de Fabio Vaz Pitaluga para embaixador na Síria. A indicação segue para o Plenário.
10h56 CCT cancelada: Foi cancelada a reunião da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, desta quarta-feira (5). A análise da pauta de 48 itens, entre eles o PLS 385/2018 que altera o Conselho de Comunicação Social, fica adiada.
10h43 Autoatendimento bancário para deficientes visuais: Comissão de Constituição e Justiça aprovou substitutivo aos projetos (PLS 104/2011 e PLS 278/2012) que determinam que bancos ofereçam equipamentos de autoatendimento para uso de deficientes visuais.
Ver todas ›