Eleitor não aceita mais corrupção, diz Ana Amélia

Da Redação | 24/10/2018, 12h37 - ATUALIZADO EM 25/10/2018, 14h02

A senadora Ana Amélia (PP-RS) disse em discurso nesta quarta-feira (24) que o resultado do primeiro turno das eleições demonstra que a população não aceita mais corrupção e quer o fim de privilégios para políticos.

Em qualquer relação, nós temos que ter honestidade, temos que ter coerência, e foi esse recado que as urnas nos deram agora nesse primeiro turno e certamente nos darão no segundo turno — disse.

Em seu mandato como senadora, Ana Amélia afirmou ter usado apenas 30% do que tinha direito como parlamentar e dispensou auxílio-moradia. Para ela, está na hora de uma autocrítica dos políticos.

Temos que nos curvar à decisão soberana do eleitorado brasileiro. Temos que fazer uma autocrítica nossa, parlamentares e políticos. Eleitor quer gestão séria. Não gastar muito. Ter seriedade no mandato. Privilégios precisam ser repensados — declarou.

A senadora disse ainda que estas eleições são um divisor de águas, pelo poder das redes sociais.

Muita gente chegou aqui sem ter gastado muito para se eleger senador, mas houve gente que não se elegeu e gastou uma montanha de dinheiro, porque não conseguiu falar com o povo, porque enganou o povo e mentiu ao povo. E o povo soube entender a mensagem, conseguiu entender o que era fake news, [distinguir] notícia falsa da notícia verdadeira — disse.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)