Comissão aprova R$ 730 mi em emendas ao Orçamento 2019

Da Redação | 17/10/2018, 18h46 - ATUALIZADO EM 18/10/2018, 10h14

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) aprovou nesta quarta-feira (17) o relatório do senador Airton Sandoval (MDB-SP) com quatro emendas do colegiado ao Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2019  (PLS 27/2018). Nenhuma emenda de remanejamento foi acolhida.

O relatório definiu acréscimo de R$330 milhões para o Ministério da Defesa, dos quais R$ 150 milhões para a Marinha custear a construção de submarino de propulsão nuclear e R$ 180 milhões para o Exército implementar o Sistema de Defesa Estratégico ASTROS 2020.

As outras duas emendas destinam R$ 400 milhões ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, sendo R$ 200 milhões para iniciativas e projetos de inclusão digital, e R$ 200 milhões para o custeio da administração direta.

O relator justificou sua escolha afirmando que optou pelas ações de ciência, tecnologia e inovação com mais amplo apoio parlamentar.

— Conseguimos prestigiar quatro unidades orçamentárias distintas, de três órgãos diferentes — afirmou.

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) deve começar a apreciar as emendas ao PLOA 2019 em 1º de novembro, prazo-limite para a entrega de emendas pelas comissões.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)