Paulistas elegem Major Olímpio e Mara Gabrilli para o Senado

Da Redação | 07/10/2018, 20h35 - ATUALIZADO EM 07/10/2018, 20h40

Selo_Eleições_2018

Os eleitores paulistas escolheram Major Olímpio (PSL) e Mara Gabrilli (PSDB) como senadores. Eles conquistaram, respectivamente 25,7% e 18,6% dos votos válidos. Eduardo Suplicy, que tentava retornar ao Senado, obteve 13,3%.

Sérgio Olímpio Gomes, 56 anos, nasceu em Presidente Venceslau (SP). Policial militar desde 1978, foi deputado estadual de São Paulo por dois mandatos consecutivos, de 2006 a 2014, quando foi eleito para deputado federal. Passou pelo PDT, PMB e Solidariedade até se filiar ao PSL, no começo de 2018. É formado em direito e sociologia.

O primeiro suplente é  Giordano (PSL). Completa a chapa o astronauta Marcos Pontes (PSL).

A deputada federal Mara Gabrilli é psicóloga e publicitária, nascida em São Paulo, em 28 de setembro de 1967. Em 1994, sofreu um acidente de automóvel que a deixou tetraplégica. Três anos após seu acidente, Mara fundou o Instituto Mara Gabrilli, uma organização que desenvolve programas nas áreas de esporte e inclusão. Iniciou a vida pública em 2005 como secretária da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de São Paulo. Em 2007, assumiu uma cadeira na Câmara de Vereadores da capital paulista, como a vereadora mais votada da cidade. Foi eleita duas vezes deputada federal, de 2011 a 2014 e de 2014 a 2018.

Em 2018, foi eleita para integrar o Comitê da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, no período 2019–2022. É a primeira brasileira a ocupar tal posição. Mara terá como suplentes o ex-senador Alfredo Cotait Neto (PSD) e a empresária Ivani Boscolo (PSD).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)