Senado expõe 170 publicações na Bienal do Livro de Brasília

Da Redação | 24/08/2018, 17h47 - ATUALIZADO EM 27/08/2018, 10h16

O Senado está presente na 4ª Bienal Brasil do Livro e da Leitura, que ocorre até domingo (26) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Segundo Laís Camargo, do Conselho Editorial do Senado, são 170 publicações expostas, incluindo os 80 títulos que mais vendem no site da Livraria do Senado.

— Não foi possível trazer mais livros em decorrência do espaço ser pequeno aqui, apesar de nossas publicações no Senado totalizarem 260 obras. A que sempre faz muito sucesso é a História da Literatura Ocidental, de Otto Maria Carpeaux — explica.

De acordo com ela, todo o estoque da obra foi vendido, sendo necessário o reabastecimento. O estande está localizado na área central da feira, onde estão expostos títulos de referência histórica e atualidade cultural, editados pelo Conselho Editorial, além das publicações técnicas referentes a novas leis, medidas provisórias e emendas constitucionais.

— Vende muito a Constituição de bolso. Por R$ 10, você adquire um exemplar, que pode carregar para qualquer lugar e que a qualquer momento pode ser consultado — afirma.

Laís Camargo  reitera que é importante a participação do Senado nas feiras e que os livros expostos estão à venda pelo preço de custo.

— O Senado não lucra. Nossa intenção em todas as feiras bienais é somente divulgar nossas obras e oferecer à população a oportunidade de adquirir livros mais baratos, o que é muito elogiado pelo público.

A feira abre das 9h às 22h.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Cultura Senado