Senado aprova inclusão de Miguel Arraes no Livro dos Heróis da Pátria

Da Redação | 08/08/2018, 18h01 - ATUALIZADO EM 09/08/2018, 17h55

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (7) a inclusão do nome de Miguel Arraes (1916-2005) no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. A iniciativa vem do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 136/2017 e segue para a sanção presidencial. A senadora Lídice da Mata (PSB-PE) foi a relatora da proposta no âmbito da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE).

Miguel Arraes de Alencar foi governador de Pernambuco por três vezes (1963-1964, 1987-1990, 1995-1998), além de prefeito da capital, Recife, deputado estadual e federal. Destituído de seu primeiro mandato pela ditadura militar, em 1964, ficou preso por um ano depois exilou-se na Argélia. Anos depois, na década de 1980, participou do processo de redemocratização do país como um dos principais líderes políticos da região Nordeste, sempre pelo Partido Socialista Brasileiro.

O Livro dos Heróis e Heroínas fica no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília, e guarda a memória de personagens importantes da história do Brasil. Nele estão registradas figuras como Dom Pedro I, Tiradentes, Zumbi dos Palmares, Ana Néri, Joaquim Nabuco e Alberto Santos Dumont.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)