CRE aprova novo embaixador brasileiro na Suécia

Da Redação | 21/06/2018, 12h07 - ATUALIZADO EM 21/06/2018, 19h25

A Comissão de Relações Exteriores (CRE) aprovou nesta quinta-feira (21) a indicação do diplomata Nelson Antonio Tabajara de Oliveira para exercer o cargo de embaixador do Brasil na Suécia e, cumulativamente, na Letônia. A Mensagem (MSF 52/2018) segue para o Plenário.

As relações diplomáticas Brasil-Suécia foram estabelecidas em 1826. Em 2017, o fluxo do comércio bilateral alcançou US$ 1,55 bilhão, apesar da queda de 9,3% das exportações brasileiras em relação ao ano anterior, ao totalizarem US$ 466 milhões.

Dessa forma, a relação é deficitária para o Brasil, que exporta produtos básicos, como minérios, café e carne bovina, enquanto importa manufaturados, como máquinas mecânicas, produtos farmacêuticos e partes e acessórios para veículos automotores. Apesar do saldo negativo, a parceria é positiva para o país, segundo defendeu o indicado durante sua sabatina na CRE.

Ele observou que a Suécia é forte investidora no Brasil, com empresas com unidades produtivas no território brasileiro, como Scania, Ericsson, Electrolux, que proporcionam a geração de milhares de empregos.

— Vendemos muitos produtos primários. O primeiro item da pauta de exportação é o café. Temos interesse em ter a Suécia como parceira, mesmo com deficit comercial porque temos muitos investimentos suecos no Brasil – afirmou.

Gripen

Ele destacou também a parceria com a Saab para a produção de caças Gripen no Brasil:

— É um grande contrato que conseguimos para as Forças Armadas. Serão 36 caças. Em 2019 já começaremos talvez a produção. É um investimento de mais de 5 bilhões de dólares, mas que terá retorno muito grande. Além da parceria, vamos nos tornar sócios da Saab para exportação para terceiros mercados – avaliou.

O senador Jorge Viana (PT-AC) pediu que o futuro embaixador mantenha a CRE informada sobre o andamento do projeto.

Letônia

Sobre a Letônia, Nelson Tabajara observou que o comércio bilateral ainda é modesto, mas que existe potencial de crescimento. Os dois países estabeleceram relações diplomáticas formais em julho de 1992.

Queremos abrir espaço e incrementar as exportações. Há interesse da Letônia em abrir embaixada no Brasil – assinalou.

Currículo

Nelson Antonio Tabajara de Oliveira nasceu em 1957, na cidade do Rio de Janeiro. O indicado ingressou no Instituto Rio Branco em 1982.  Ocupou entre outros cargos o de primeiro-secretário na Embaixada em Estocolmo (1999-2001); chefe da Divisão da Organização dos Estados Americanos – OEA (2003-2006); e diretor do Departamento de Assuntos de Defesa e Segurança (2016).

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)