Eunício: Aprovação de projetos voltados ao meio ambiente mostra sintonia com a sociedade

Da Redação | 20/03/2018, 19h14 - ATUALIZADO EM 20/03/2018, 19h28

Selo_8_forum_mundial_da_agua_claroO presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou que a questão ambiental é uma pauta extremamente relevante para o Brasil e para o mundo. Ele comemorou a aprovação pelo Plenário, nesta terça-feira (20), de três matérias ligadas à preservação da água e do meio ambiente.

— Aprovamos essa pauta, mostrando que o Senado está sintonizado com o que pensa a sociedade brasileira. São projetos de suma importância para a segurança hídrica e para a população — afirmou o presidente.

Um dos projetos aprovados é o que trata de incentivos para imóveis construídos com medidas para a redução no consumo de água e para maior eficiência energética (PLS 252/2014). Os senadores também aprovaram o projeto que assegura que pelo menos metade do dinheiro oriundo da cobrança pelo uso de recursos hídricos seja destinada a obras para melhorar a quantidade e a qualidade da água dos rios (PLS 770/2015). O terceiro projeto é o que torna obrigatório o uso de torneiras com dispositivo de vedação automática de água em todos os banheiros de uso coletivo (PLC 51/2014).

Eunício lembrou que seu estado, o Ceará, tem enfrentado sete anos consecutivos de seca, com sérias repercussões no abastecimento de água. Ele disse também que “não há condições de fazer a privatização da Eletrobrás” sem separar parte desses recursos para um programa de revitalização de rios e nascentes.

Fórum

A construção de uma pauta voltada para questões ambientais foi acertada entre os senadores para coincidir com a semana do 8º Fórum Mundial da Água. O fórum é um evento organizado pelo Conselho Mundial da Água (WWC, sigla em inglês para World Water Council) desde 1996. O oitavo encontro mundial ocorre em Brasília — começou no domingo (18) e vai até sexta (23). É a primeira vez que um país do Hemisfério Sul recebe o evento.

Eunício informou que participou mais cedo de uma reunião no fórum. Segundo o presidente do Senado, a presença de mais de 150 parlamentares de várias partes do mundo e de mais de 70 mil pessoas do público geral mostra a importância universal do tema.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)