Kátia Abreu pede cumprimento de sentença que garante compensação de perdas de agricultores

Da Redação e Da Rádio Senado | 07/03/2018, 17h21 - ATUALIZADO EM 07/03/2018, 17h27

A senadora Kátia Abreu (sem partido-TO) pediu em Plenário, nesta terça-feira (7), que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgue com rapidez os recursos contra a decisão que condena o Banco do Brasil e a União a devolverem aos agricultores as perdas sofridas em 1990, durante a política confiscatória da então ministra da Fazenda, Zélia Cardoso de Mello, durante o governo Collor.

Kátia Abreu, que esteve no STJ para tratar do assunto, lembrou que naquele ano houve um reajuste unilateral e abusivo de 43% nos saldos devedores de milhões de agricultores. A senadora disse ser urgente a implementação da decisão do próprio tribunal, que foi favorável aos prejudicados pela medida do governo.

— Temos que colocar um ponto final nesta indignidade. Passados longos e angustiantes anos, muitos já morreram. Suas famílias, muitas delas, estão em dificuldades, aguardam reparações — afirmou Kátia Abreu.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)