Projeto que cria a Universidade Federal de Jataí está na pauta da CE

Da Redação | 19/02/2018, 17h41 - ATUALIZADO EM 19/02/2018, 17h50

Está sob análise, na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), o PLC 7/2018, de autoria do Poder Executivo, que desmembra a Universidade Federal de Goiás (UFG), para a criação da Universidade Federal de Jataí (UFJ), com sede e foro no município de mesmo nome, no estado de Goiás.

Conforme a proposta, a transferência de cursos, alunos e cargos será automática. O campus da UFJ, será constituído das atuais unidades acadêmicas de Riachuelo e Jatobá – cidade Universitária José Cruciano de Araújo. Além do aproveitamento da estrutura existente da UFG, para compor o quadro de pessoal da UFJ, o texto prevê a criação de 67 cargos efetivos do plano de carreira dos cargos técnico-administrativos em educação, 40 cargos de direção, 222 funções gratificadas (FG) e duas funções comissionadas de coordenação de curso.

Adicionalmente, a proposição determina a criação de um cargo de reitor e um de vice-reitor, a serem nomeados pelo ministro da Educação, até que a UFJ seja organizada na forma de seu estatuto.

O Poder Executivo destaca os benefícios que a nova instituição trará para seu entorno, por meio da ampliação da oferta de ensino superior, bem como da geração de conhecimentos científicos e tecnológicos necessários ao desenvolvimento, à prosperidade e ao bem-estar da população.

A relatora, senadora Lúcia Vania (PSB-GO), é favorável à medida. Após análise da CE, o texto segue para o Plenário.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)