Simone Tebet defende aprovação de projetos sobre segurança pública

Da Redação | 30/11/2017, 13h51 - ATUALIZADO EM 30/11/2017, 15h08

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) defendeu nesta quinta-feira (30) a aprovação de projetos que contenham o “avanço desenfreado da violência” no Brasil. Ela é relatora de propostas sobre a segurança pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

A parlamentar citou três projetos que aguardam votação na CCJ, com relatório pela aprovação: a proposta de emenda à Constituição (PEC) 118/2011, do ex-senador Pedro Taques, que impede o contingenciamento de recursos dos fundos de prevenção à violência; o projeto de lei do Senado (PLS) 167/2017, do senador Wilder Morais (PP-GO), que disciplina o uso de veículos aéreos não tripulados pelos órgãos de segurança pública; e também de Wilder Morais o PLS 285/2016, que autoriza a doação de armas apreendidas para as forças de segurança.

– Esse vulcão da violência está em plena atividade. A violência crescente nos faz inerte, imobiliza, deixa sem saber o que fazer. Estamos muitas vezes atacando as consequências, sem combater as causas. Aqui no Brasil se mata mais do que nas guerras civis declaradas do Oriente Médio e de outros países. Podemos dar nossa parcela de contribuição, atacando o mal pela raiz. É isso o que o Senado tem feito – disse Simone Tebet.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Senado Agora
10h53 Destaques à Previdência: Senadores fecham acordo sobre os dois últimos destaques à reforma da Previdência: será votado destaque do PT e retirado o destaque da Rede.
10h51 Reforma da Previdência: O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, abriu a ordem do dia da sessão plenária para votar os destaques à PEC 6/2019, que altera as regras para aposentadoria.
Ver todas ›