CPI Mista do BNDES ouve ex-dirigente de frigorífico no dia 22

Da Redação | 14/11/2017, 16h44 - ATUALIZADO EM 14/11/2017, 16h58

Em reunião na quarta-feira (22), a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do BNDES ouve o ex-presidente do Frigorífico Independência, Roberto Graziano Russo, em reunião com início às 14h30 na sala 19 da Ala Alexandre Costa.

O frigorifico teve seus ativos adquiridos em 2013 pela JBS, a maior processadora de proteína animal do mundo. Em 2008, porém, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontara a existência de fraude e prejuízo de R$ 418 milhões em aportes do BNDES.

De acordo com o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), autor do requerimento de convocação do executivo, Graziano poderá esclarecer o que levou o BNDES a aprovar a concessão desses recursos, inclusive com a aquisição e participação societária do BNDESPar, sem detectar a possibilidade de insolvência do frigorifico, que ocorreu três meses após a operação.

Antes da audiência, a comissão votará requerimento de Davi Alcolumbre (DEM-AP), que solicita a realização de diligência no BNDES, no Rio de Janeiro, nos dias 27 e 28 de novembro.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)