Randolfe apresentará nesta terça recurso contra arquivamento de ação contra Aécio Neves

Da Redação | 26/06/2017, 19h17 - ATUALIZADO EM 28/06/2017, 13h00

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apresentará nesta terça-feira (26), a partir das 11h, recurso contra o arquivamento da representação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Das cinco assinaturas necessárias para recorrer da decisão, Randolfe já colheu duas, além da sua própria. Outros três senadores já se comprometeram a apoiar o recurso.

Os senadores José Pimentel (PT-CE) e Lasier Martins (PSD-RS), membros titulares do Conselho de Ética, já assinaram o recurso. A senador Regina Sousa (PT-PI) também assinou, mas ela é suplente e a sua assinatura não conta para os cinco apoiamentos necessários.

Os senadores Antonio Carlos Valdares (PSB-SE), João Capiberibe (PSB-AP) e Pedro Chaves (PSC-MS) oficializarão suas assinaturas quando retornarem de visitas a seus estados. Chaves é o vice-presidente do Conselho de Ética.

Em maio, parlamentares da Rede e do PSOL apresentaram ao Conselho um pedido de cassação do mandato de Aécio Neves, após seu afastamento do mandato de senador ter sido decidido pelo Supremo Tribunal Federal. O argumento da representação dos partidos é de que gravações telefônicas autorizadas pela Justiça evidenciaram que o senador pediu dinheiro ao dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, para custear sua defesa na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Na última sexta-feira (23) o presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), indeferiu de ofício a representação, alegando "falta de provas". O recurso deverá ser analisado pelo plenário do Conselho, que decidirá, por maioria simples, se a ação contra Aécio deve prosseguir.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)