Eduardo Lopes cobra do governo pagamento de dívida com ferroviários

Da Redação e Da Rádio Senado | 07/06/2017, 19h58 - ATUALIZADO EM 07/06/2017, 20h09

O senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) lamentou a situação dos aposentados ferroviários. Segundo ele, o governo tem dívidas há 17 anos com o fundo de pensão da antiga Rede Ferroviária Federal (RFFSA).

De acordo com o senador, os aposentados têm idade média de 80 anos e estão com medo de verem os seus benefícios suspensos a qualquer momento. Eduardo Lopes informou que, em 2012 e em 2016, a União propôs formas de sanar as dívidas com títulos da dívida pública. As propostas foram aceitas pela fundação que representa os aposentados, mas a dívida nunca foi honrada.

Eduardo Lopes cobrou do governo federal a resolução do problema. Ele lembrou que o pagamento da dívida pode garantir a aposentadoria dos ferroviários, evitando que faltem a eles itens básicos, como alimentos e medicamentos.

- A classe dos trabalhadores ferroviários que, por mais de um século, prestou relevantes serviços à nação, hoje se sente em total desamparo e humilhada de ver que as suas aposentadorias são complementadas pela Fundação Refer com valores médios de 960 reais - disse o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)