Roberto Muniz diz que autorregulamentação é ferramenta para um Estado mais eficiente

Da Redação | 05/04/2017, 19h29 - ATUALIZADO EM 05/04/2017, 20h08

Em discurso nesta quarta-feira (5), o senador Roberto Muniz (PP-BA) afirmou que o Brasil precisa de mais iniciativas de autorregulamentação para que o Estado brasileiro se torne mais inteligente e mais eficiente.

O senador citou como caso de sucesso nesta área o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar), que é uma organização da sociedade civil que se encarrega de fiscalizar o cumprimento de preceitos éticos na publicidade e propaganda.

Para Roberto Muniz, o instituto da autorregulamentação pode e deve ser usado em vários outros setores e áreas, o que ajudaria no melhoramento dos produtos e serviços oferecidos à população brasileira, além de minimizar conflitos entre produtores e consumidores.

— Precisamos de mais autorregulamentação e mais responsabilidade ética na oferta de produtos e serviços no Brasil – disse o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)