Cristovam diz que Dilma e Temer deveriam pedir antecipação das eleições

Da Redação e Da Rádio Senado | 05/04/2016, 17h07 - ATUALIZADO EM 05/04/2016, 17h50

O senador Cristóvam Buarque (PPS-DF) disse nesta terça-feira (5) em Plenário que o país não aguentará mais o governo de Dilma nem um eventual governo Temer. Na sua avaliação, ambos terão muitas dificuldades até o fim do mandato. Por isso ele defendeu a antecipação das eleições.

Para ele, esgotou-se o modelo da economia, da assistência social e da política que vêm sendo feitas nos últimos 20 anos, que leva ao que chamou de aberrações da corrupção.

Segundo Cristovam, não basta prender o corrupto, é preciso acabar com a possibilidade de se fazer corrupção. Com relação às cotas sociais e bolsas, ele disse que é preciso emancipar o povo para que não precise mais desses benefícios.

— E por que não uma reforma na Constituição? Desde que a presidente e o vice aceitem, porque senão podem contestar. Tentemos isso e aí fazemos uma eleição para saber quem vai ser o presidente ou o vice.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)