Adiada votação de projeto de Lei de Migração

Da Redação | 16/12/2014, 15h32 - ATUALIZADO EM 16/12/2014, 16h38

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) adiou para o próximo ano o exame do projeto que institui a Lei de Migração. O PLS 288/2013, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), regula a entrada e a permanência de estrangeiros no território nacional e define normas de proteção para o emigrante brasileiro.

O texto define o imigrante como todo estrangeiro que “transite, trabalhe ou resida e se estabeleça transitória, temporária ou definitivamente no país.” Além disso, traz como princípios da política migratória o repúdio à xenofobia, a não criminalização da imigração, a acolhida humanitária e a garantia à reunião familiar.

Nesta terça-feira (16), o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) apresentou relatório favorável ao projeto. A comissão aprovou um pedido de vista coletiva para os membros da comissão terem mais tempo para analisar a proposta.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

MAIS NOTÍCIAS SOBRE:
Direitos Humanos Relações Exteriores