Aprovada MP com condições especiais para funcionamento de portos

31/07/2020, 10h18

O Senado aprovou a medida provisória (MP 945/2020) que cria condições especiais para o funcionamento dos portos e prevê afastamento remunerado de trabalhadores do setor. Ficam afastados do trabalho nos portos empregados do grupo de risco da covid-19, além de gestantes e pessoas que apresentarem sintomas da doença. A MP trata ainda da dispensa de licitação no arrendamento, por prazo temporário, de áreas portuárias em caso de haver apenas uma empresa interessada e autoriza a cessão gratuita de áreas militares para companhias aéreas estacionarem aviões parados por conta da pandemia. Para o senador Wellington Fagundes (PL-MT), as medidas, além de mitigar os efeitos da crise econômica causada pela covid-19, também modernizam a legislação, possibilitando geração de empregos. Porém, o senador Rogério Carvalho (PT-SE) criticou a dispensa de licitação, mas o líder do governo, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), defendeu a medida por representar menos burocracia e potencial arrecadação de recursos. Mais informações na reportagem de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
22h03 Derrubado veto à profissão de historiador: Logo após os senadores, os deputados rejeitaram, por 455 votos, veto ao projeto que regulamenta a profissão de historiador (VET 10/2020). Com isso, o PLS 368/2009 será encaminhado à promulgação.
20h43 Orçamento de ministérios: Senado aprovou, em votação simbólica, abertura de crédito suplementar de mais de R$ 615 mi em favor dos Ministérios da Agricultura, da Justiça e da Defesa. O PLN 17/2020, já aprovado pelos deputados, vai à sanção presidencial.
20h41 Derrubado veto a serviços jurídicos sem licitação: Senadores derrubaram veto (VET 1/2020) ao projeto que permite dispensa de licitação para contratação de serviços jurídicos e de contabilidade pela administração pública (PL 4.489/2019). A proposta segue à promulgação.
Ver todas ›