PEC Emergencial não deve afetar segurança, saúde e educação, diz relator

10/03/2020, 14h39

O relator da PEC Emergencial (PEC 186/2019), senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), afirmou nesta terça-feira (10) que áreas como segurança pública, saúde e educação não devem ser atingidas pela redução de carga horária de servidores proposta no texto. Diversos representantes de servidores públicos opinaram sobre a proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Mais informações na reportagem de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.



Opções: Download


Senado Agora
20h43 Orçamento de ministérios: Senado aprovou, em votação simbólica, abertura de crédito suplementar de mais de R$ 615 mi em favor dos Ministérios da Agricultura, da Justiça e da Defesa. O PLN 17/2020, já aprovado pelos deputados, vai à sanção presidencial.
20h41 Derrubado veto a serviços jurídicos sem licitação: Senadores derrubaram veto (VET 1/2020) ao projeto que permite dispensa de licitação para contratação de serviços jurídicos e de contabilidade pela administração pública (PL 4.489/2019). A proposta segue à promulgação.
19h54 Derrubado veto à telemedicina: Os senadores derrubaram veto (VET 6/2020) ao projeto que regula o exercício da telemedicina durante a pandemia de covid-19 (PL 696/2020). Os dispositivos que haviam sido vetados seguem para promulgação.
Ver todas ›