Senado aprova campanha Julho Amarelo para combater hepatites virais

19/12/2018, 15h26 - ATUALIZADO EM 19/12/2018, 15h28

O plenário do Senado aprovou a proposta (PLC 35/2018) que institui a campanha Julho Amarelo, com ações de conscientização e combate às hepatites virais. A data foi escolhida em homenagem ao Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho. As doenças provocam a inflamação do fígado e podem ser causadas por abuso de álcool, água contaminada, agulhas infectadas e relações sexuais sem proteção, entre outros motivos. Segundo o relator, senador Paulo Rocha (PT-PA), as hepatites virais são um problema de saúde pública e muitas vezes são silenciosas e não apresentam sintomas. A reportagem é de Maurício de Santi, da Rádio Senado. Ouça o áudio com mais informações.



Opções: Download