Congresso pode aumentar pena de detentos envolvidos em fugas com violência

03/10/2018, 11h32 - ATUALIZADO EM 03/10/2018, 11h34

A pena de detentos que fogem das prisões ameaçando ou machucando outras pessoas pode ser aumentada. É o que estabelece o projeto de lei (PLS 157/2016) aprovado no Senado e que começa a ser analisado na Câmara dos Deputados. O senador Cidinho Santos (PR-MT) foi um dos que defendeu o aumento de três para seis meses a pena mínima e de um para dois anos a pena máxima para o crime. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.



Opções: Download