TSE pode ser obrigado a criar campanhas para conscientizar sobre notícias falsas

16/05/2018, 10h20 - ATUALIZADO EM 16/05/2018, 10h30

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) analisa o PLS 218/2018, do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), que obriga o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a criar campanhas de conscientização sobre a divulgação de notícias falas, além de informar a população sobre as punições previstas a quem divulgar este tipo de conteúdo. O autor da proposta afirma que, em geral, esse tipo de inverdade tem como alvo uma pessoa ou candidato específico, e que a prática prejudica a democracia. As informações são da repórter Marciana Alves, da Rádio Senado.



Opções: Download