CAS aprova projetos que asseguram direitos às mães

21/03/2018, 14h38 - ATUALIZADO EM 28/03/2018, 16h51

No mês em que se comemora o Dia internacional da mulher, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou dois projetos selecionados pela bancada feminina que buscam assegurar direitos às mães. Uma proposta (PLS 296/2016) do senador Telmário Mota (PTB – RR) estabelece que o salário-maternidade deve ser pago em um prazo máximo de 30 dias após o pedido ao INSS. O outro projeto (PLS 241/2017), de autoria da senadora Rose de Freitas (PMDB – ES) impede que período de internação de criança prematura seja descontado da licença-maternidade. As duas iniciativas seguem agora para análise da Câmara dos Deputados. A reportagem é de George Cardim, da Rádio Senado. Ouça o áudio.



Opções: Download