CAS aprova projeto que isenta de pedágio pacientes com doenças graves

07/02/2018, 13h52 - ATUALIZADO EM 07/02/2018, 16h22

Os carros que levam pacientes com doenças graves ou degenerativas para tratamentos podem ser dispensados de pagar o pedágio. É o que determina um projeto (PLS 199/2016) do senador Magno Malta (PR–ES) aprovado nesta quarta-feira (7) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS). Pelo relatório do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB–RN), para evitar fraudes e prejuízos para as concessionárias, os pacientes devem se cadastrar nas empresas de pedágio e apresentar um laudo médico que ateste a necessidade de deslocamento para outra cidade, a periodicidade e o prazo estimado de duração do tratamento. Ouça os detalhes no áudio do repórter do Rádio Senado, George Cardim.



Opções: Download