Moka e Aécio elogiam autorização para prefeituras operarem com cooperativas de crédito

09/01/2018, 17h21 - ATUALIZADO EM 09/01/2018, 18h44

Já foi sancionado pelo presidente da República e transformado em lei, o Projeto de Lei da Câmara 157/2017, de autoria do deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), aprovado pelo Plenário do Senado no dia 12 de dezembro de 2017, que autoriza as cooperativas de crédito a prestar serviços bancários para prefeituras. A Lei Complementar nº 161, de 4 de Janeiro de 2018 foi elogiada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG). Para ele, a medida permite que em municípios pequenos, onde não há agência bancária, as cooperativas de crédito exerçam o papel de “instrumento do desenvolvimento econômico e social”. Na mesma linha, o relator do projeto no Senado, Waldemir Moka (PMDB-MS), destacou que as cooperativas de crédito já se mostraram eficientes na democratização do acesso ao crédito, representando 14%  do volume emprestado pelo sistema bancário. A reportagem é de Ana Beatriz Santos, da Rádio Senado.



Opções: Download