Proposta suspende prestações do 'Minha Casa, Minha Vida' sem escolas e creches

20/11/2017, 15h09 - ATUALIZADO EM 20/11/2017, 16h12

Beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida podem passar a ser desobrigados de pagar as prestações enquanto o governo não instalar creches e pré-escolas no conjunto habitacional. É o que estabelece uma proposta que aguarda votação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Autora do projeto de lei (PLS 194/2012), a senadora Ângela Portela (PDT-RR) afirma não ser justo que o beneficiário do Programa Minha Casa, Minha Vida pague as prestações enquanto o governo não cumpre com suas obrigações. Ela argumenta que sem as creches ou escolas gratuitas perto do conjunto habitacional, as famílias acabam tendo despesas adicionais, seja com um serviço pago ou com transporte. O relator, senador José Pimentel (PT-CE), é favorável à proposta, que é criticada pelo senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE), vice-líder do governo no Senado.

Ouça os detalhes no áudio do repórter da Rádio Senado, Bruno Lourenço.



Opções: Download