Congresso mantém veto à auditoria da dívida pública

29/08/2017, 20h10 - ATUALIZADO EM 31/08/2017, 09h25

O Congresso Nacional decidiu manter, nesta terça-feira (29), com 156 votos a favor, 103 contra e uma abstenção, o veto ao artigo da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 que previa auditoria da dívida pública com a participação de entidades da sociedade civil. Para derrubar um veto presidencial, são necessários 257 votos de deputados e 41 de senadores. O Deputado Ivan Valente (PSOL-SP) defendeu a derrubada do veto como uma questão de coerência. Para ele, “sem uma auditoria da dívida pública que explicite para a sociedade que grande parte do orçamento vai para pagar juros, vai para banqueiros e rentistas, nós não vamos sair da crise”, afirmou. A reportagem é de Marcela Diniz, da Rádio Senado.



Opções: Download